8.2.07

JOGO DA NOSSA TERRA

Jogo da nossa terra Desafiada pela (http://bonequinhadasmissangas.blogspot.com/)
Chegou a minha vez de apresentar a minha a minha terra: Lisboa Começo por apresentar o simbolo de Lisboa " Os Corvos de S. Vicente" e a sua Lenda: Conta a lenda que quando o corpo do mártir S. Vicente foi encontrado em Sagres, D. Afonso Henriques mandou levá-lo para Lisboa. Na viagem, a barca que o transportava foi sempre acompanhada por um corvo. Os restos mortais do Santo mártir foram depois levados para a Catedral, onde se viram dois luzidios corvos a esvoaçar e a pousar constantemente na urna do Santo. Como se sabe, S. Vicente é o patrono da cidade de Lisboa e o seu brasão de armas, precisamente por aquele facto, tem como símbolo os corvos e a barca.Por seu turno, aquelas aves passaram a ser conhecidas por Vicente. E assim foi.

Em seguida apresento o Castelo de S. Jorge que é a setíma colina de Lisboa e uma breve história. Lisboa, é uma cidade de vales e colinas abertas sobre o rio. O clima ameno, a abundância de fauna e flora terão determinado a sua ocupação por povos primitivos. A partir da colina do Castelo, a cidade foi crescendo. Fenícios, Gregos e Cartaginenses aqui fundaram colónias. Os romanos consolidaram a sua vocação portuária e piscatória; a polis integrada no itinerário imperial, desenvolveu-se. Construíram-se numerosos edifícios, nomeadamente fórum, templos, termas, palácios, vilas e um teatro.

E por último não menos importante, a estátua do Marquês de Pombal. A Praça do Marquês de Pombal situa-se entre a Avenida da Liberdade e o Parque Eduardo VII. No centro ergue-se o magnífico monumento em honra do Marquês de Pombal, o homem que ficou à frente da reconstrução de Lisboa depois do terramoto de 1755. Neste monumento, pode ver o Marquês no topo, com a mão num leão (símbolo de poder), a olhar para a sua obra-prima: a baixa de Lisboa. Directamente ligado à sua vida, este monumento inclui referências às reformas introduzidas pelo Marquês nas áreas da educação, política e agricultura e, como não podia deixar de ser, ao momento que mudou a sua vida - o terramoto de 1755, representado por blocos de pedra partidos e ondas a simular a inundação da cidade.

Bem espero que tenham gostado da minha terrinha. E que venham visitar. Em seguida passo o desafio as seguintes meninas: (http://prasonhar.blogspot.com/) (http://lilibijoux.blogspot.com/) (http://sarapico.blogspot.com/)

Um comentário:

Minharte disse...

Olá!obrigado pela visita ao meu blog!as flores faço-as com umas forminhas, tipo aquelas para cortar bolachas.Bj!